19th Jul2010

Glenn, the Flying Robot – Fantaspoa 2010

by Pedro Henrique Gomes
 
O argumento, segundo revelou o diretor do filme Marc Goldstein em debate após o filme, surgiu do nada. Impossível discordar do cara, mas é igualmente inviável se contentar com o pouco que é mostrado. Henry (Dominic Gould) e Jack (Billy Boyd) são dois famosos e talentosos pianistas – que, outrora, foram grandes amigos, coisa que o filme (quando tenta) não explica muito bem. Como grandes amigos, essa amizade passou por brigas e desentendimentos. Uma delas lhes causou a amizade, restando para ambos apenas a ambição de ser melhor que o outro. Ah, esqueci de comentar que, claro, eles se afastaram por causa de Lana, que namorava com Jack, mas foi ficar com Henry.

Nos primeiros minutos de Glenn, the Flying Robot é criada uma expectativa – dentro e fora da tela (pelo filme e pelo espectador, respectivamente). O filme de Marc Goldstein, não obstante, nunca satisfaz esse desejo plenamente. Conforme o desenvolvimento da narrativa se dá na tela – os personagens são especialmente maltratados e o recurso de mostrar o mesmo fato do ponto de vista dos dois pianistas não funciona a contento, pois só amolece essa esperança de algo ausente, de alguma coisa perdida. Quando Glenn resolve fazer a armadilha (Glenn instalou uma bomba, programada para eles tocarem uma música, não podendo ficar mais de trinta segundos sem tocar alguma nota, senão tudo vai pelos ares) para o rival de seu dono, não há desejo algum de torcer por algo, pois não há relação do público com os personagens. O jogo proposto por Glenn colocará os dois frente a frente, precisando enfrentar seus medos, conversar com suas almas e demonstrar seus talentos juntos. O filme fica interessante quando coloca as coisas dessa forma: dois artistas precisando unir suas forças para salvarem suas vidas, como se a arte fosse o único remédio para viver nesse nosso mundão. Apesar disso, no fim das contas, Goldstein fez um grande prato, mas esqueceu o tempero.

Glenn, the Flying Robot (2010) – Ficção-Científica/Fantasia/Drama – Bélgica – 82 min.

Filme visto no Fantaspoa 2010 – International Fantastic Film Festival of Porto Alegre.

Site Oficial: http://www.marcgoldstein.eu/glenn_en.html

Trailer:

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *