17th Jul2010

I Sell the Dead – Fantaspoa 2010

by Pedro Henrique Gomes
 
No Século XVIII, dois ladrões de túmulos, Arthur Blake (Dominic Monaghan) e Willie Grimes (Larry Fessenden), outrora bem-sucedidos, são pegos pela justiça e condenados a guilhotina. Enquanto Blake começa a contar suas histórias ao Padre Francis Duffy (Ron Perlman), Grimes é decapitado. Blake precisa contar tudo na esperança de escapar da morte.

O filme dirigido por Glenn McQuaid vai do humor mais escrachado ao suspense mais tourneuriano sem tropeçar no caminho – os flashbacks são recursos muito bem utilizados e não servem como muleta para o filme. O elenco, certamente, ajuda nessa visão. Dominic Monaghan, o grande destaque da produção, está impagável, ao passo que seu companheiro de roubos, interpretado por Larry Fessenden, se mostra no mesmo tom. Espero que o júri do festival reconheça Monaghan (apesar de acreditar que o médico demente de A Centopéia Humana, vivido por Dieter Laser será o melhor ator do festival, o que seria ótimo, pois a personificação de Laser é mesmo top). Por conduzir seu filme com extrema leveza e demonstrar apelo visual apurado, McQuaid nos deixou um dos melhores filmes em competição neste ano.

I sell the dead (2008) – Horror/Comédia – EUA – 85 min.

Filme visto no Fantaspoa 2010 – International Fantastic Film Festival of Porto Alegre.

Site Oficial: http://www.isellthedead.com/

Trailer:

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *