29th Sep2013

Boa Sorte, Meu Amor

Algum profeta antigo poderia dizer que os bons filmes não podem ser cordiais com o espectador. Eis que Boa Sorte, Meu Amor, o primeiro filme longo de...

24th Sep2013

TOP 10 John Carpenter

Como vamos saber diferenciar os monstros dos heróis? Ora, não vamos. Não precisamos, apesar da sedução. No filme de John Carpenter, a estrutura lógica da imagem (cineasta...

20th Sep2013

Nem arte, nem técnica, um mistério #6

Bom Dia, Noite, de Marco Bellocchio (Itália, 2003)

13th Sep2013

A mise en scène no cinema

A Mise en Scène No Cinema – Do Clássico Ao Cinema De Fluxo (Papirus, 2013, 224 páginas) De Luiz Carlos Oliveira Jr. Se há um livro sobre...

11th Sep2013

Nota sobre uma(s) violência(s)

Porto Alegre. Ontem fui violentamente humilhado, me permitam começar assim. Não só ontem. Com cerca de setenta pessoas, e estou sendo conservador na contagem, dentro de um...

10th Sep2013

Dyonélio

A tarefa fácil não era. Juntar pedaços, formular hipóteses, reconstruir minimamente uma história que nos chega filtrada pelas ambiguidades dos espaços habitáveis pelo personagem-título, criar um plano...

09th Sep2013

Nem arte, nem técnica, um mistério #5

Liberté, la Nuit, de Phillipe Garrel (França, 1983)

03rd Sep2013

Frances Ha

Ask me Frances não gosta de fumar sozinha. Existem pilhas de livros distribuídas pelo chão da sala. Não é bagunceira, apenas bastante ocupada. Ela queima a mão...

30th Aug2013

“Vocês olham para nós como se fôssemos insetos”

Tradução minha para um trecho do livro Ousmane Sembène: Interviews (Conversations With Filmmakers Series, University Press of Mississippi). Trata-se de uma breve conversa/entrevista entre Jean Rouch e...

25th Aug2013

Nem arte, nem técnica, um mistério #4

A Aventura, de Jean-Claude Brisseau (França, 2008)  

Pages:«1234567...32»